O dia 18 DE MAIO é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no Brasil. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Com o intuito de combater o abuso e a exploração sexual das crianças e adolescentes, a prefeitura municipal de Conceição da Feira, através da Secretaria de Ass. Social, Cras, Creas e Conselho Tutelar, iniciaram nesse mês de maio um conjunto de ações que visam conscientizar à população quando a importância desse tema. Na manhã do dia 05 de maio, integrantes do Creas estiveram na Escola Cley Andrade para ministrar uma palestra sobre o 18 de Maio, com o titulo: Protege Conceição da Feira, nossas crianças e adolescente contra Abuso e Exploração Sexual. A palestra foi ministrada pelo Psicólogo Ivens Neris e a Educadora Social Flavia Araújo.

A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

A ação promovida pela prefeitura culminará em uma grande caminhada no dia 18/05, com saída às 9h, da Câmara Municipal de Conceição da Feira. Faça Bonito! Participe.